Este site armazena cookies no seu equipamento. Estes cookies são utilizados para melhorar a sua experiência de navegação e fornecer-lhe serviços mais personalizados. Pode saber mais sobre os cookies que utilizamos aqui

End of Life Windows Server 2003

O Fim de Suporte refere-se à data em que a Microsoft deixa de fornecer correções automáticas, atualizações ou assistência técnica online. As ameaças que surjam não serão abordadas e os sistemas Windows Server 2003 das organizações vão se tornar um risco de segurança e conformidade.


Fim de Vida do Windows Server 2003

Com o fim de vida do Windows Server 2003 (WS 2003) as organizações enfrentam crescentes riscos de segurança e de conformidade, possibilitando um crescente número de downtimes da organização e falhas na segurança de informação.

As organizações podem adotar 3 caminhos relativamente ao fim de suporte, sendo que todos eles trazem desafios e riscos para o ciclo de trabalho da organização.

1. Ficar igual: Risco crescente de vulnerabilidades e de falhas de segurança.
2. Atualizar o servidor: A atualização do servidor já existente, poderá, na sua maioria resultar em erros de
    funcionalidade que só poderão ser resolvidos no momento, não existindo um plano definido do que poderá
    acontecer.
3. Migração e atualização: Opção mais lógica, que permite com o planeamento e implementação adequada um
    melhor aproveitamento de todas as vantagens de virtualização e migração para os sistemas Windows mais
    atuais.



Migração do Serviço

As organizações apresentam relutância em migrar o Windows Server 2003, devido aos desafios que podem ocorrer devido a incompatibilidades (especialmente entre as plataformas de 32 bits e 64 bits), os custos adicionais na migração dos servidores, relacionados com a ausência de contrato com fornecedores de aplicativos ou os aplicativos já não serem desenvolvidos e, como tal, não existir visibilidade do seu comportamento no Windows 2012. No entanto, algumas ferramentas ajudam na migração de algumas aplicações/sites, porém a maioria dos serviços em execução em WS 2003 são bastante personalizados e apresentam desafios específicos durante a migração/ atualização da versão da aplicação, o que faz com que seja necessário uma equipa de especialistas a mirar os serviços.

A solução passa pela Migração do Windows Server 2003 para o Windows Server 2012 R12, pois fornece serviços cloud numa escala global nas infraestruturas das organizações, respondendo às questões de mobilidade e segurança. Este servidor apresenta grande foco na virtualização, gestão e monitorização, storage, networking, virtualização de desktop, bem como aplicações web.

Com o WS 2012 R2 as organizações podem dimensionar fluxos de trabalho, com a opção de uma recuperação de dados robusta. As organizações têm valor acrescentado atarvés de uma ampla gama de opções de armazenamento de alto desempenho, de baixo custo e entrega simplificada de serviços de TI multi-tenant. Através da construção, implementação e monitorização de aplicações, em datacenters e na cloud, permitindo aos utilizadores ter um acesso seguro aos recursos corporativos nos dispositivos que pretenderem.

A NOS Sistemas apresenta 4 fases para migrar os serviços, de forma a que a continuidade de trabalho e a segurança dos dados não seja comprometida:

1. Descobrir:
- Conhecer e desenhar os fluxos de trabalho em execução no servidor Windows atual.

2. Avaliar:
- Analisar quais são as aplicações a ser executadas no datacenter, e como estão a ser realizadas.
- Para cada aplicação, quais são os servidores que compõem a infraestrutura da aplicação?
- Para qualquer servidor, quais são os aplicativos que estão a usar cada servidor?
- Verificar quais são as aplicações "legacy" que estão a ser usadas ou se elas podem ser interrompidas, removendo os servidores correspondentes a partir do roteiro de migração

3. Decidir:
- Decidir qual o destino da migração entre as várias opções.

4. Migrar/ Upgrade:
- Mapear todos os aplicativos distribuídos em todos os datacenter e através da cloud, conforme o caso
- Criar dois livros de dependência: um para as aplicações e um para os servidores
- Criar uma base de desempenho para cada aplicação em cada servidor
- Migrar servidores partilhados em primeiro lugar, verificando todos os aplicativos dependentes contra a sua linha de base
- Depois migrar os servidores em conjunto por aplicação

Vantagens
Atualização: As organizações podem atualizar a sua infraestrutura, ou migra-la para um sistema Cloud, obtendo todas as vantagem de mobilidade e segurança de informação.

Qualidade: Garantia de serviço e de qualidade. Tendo profissionais certificados, com o know-how apropriado, para realizar todas as tarefas relacionadas com Gestão de Projetos.

WS 2012 R2: Mesmo sem o EOL WS2003, o WS 2012 apresenta diversas vantagens, como a virtualização integrada, maior segurança, escabilidade, novas funcionalidades e novos aplicativos, etc. 

Know-how: Os profissionais da NOS Sistemas têm experiência em trabalhar em ambientes Windows, incluindo processos de migração e implementação de sistemas.

Parceria: A NOS Sistemas é parceira Microsoft desde 2003, sendo Microsoft Gold Partner.

Segurança: Suporte da Microsoft a nível de atualizações. Novas funcionalidades com maior segurança, estabilidade e escalabilidade.